O Linkedin é uma rede social interessante para médicos?


O Linkedin é uma plataforma bastante conhecida e extraordinariamente ideal para diversas áreas e nichos, sendo um ambiente adequado para interagir, falar das qualificações profissionais e produzir conteúdo revelante. Mas será que essa rede social é interessante para médicos e clínicas?

O Linkedin é a maior rede social de negócios do mundo, além é claro, de ser um dos canais mais importantes para o networking online profissional.

No Linkedin você não tem amigos ou seguidores, e sim conexões. Por ser voltada totalmente para relacionamento profissional, a ferramenta possibilita incluir as experiências e trajetória de forma bem completa, o que contribui bastante para construir sua autoridade na rede e impulsionar sua imagem pessoal.

Certa vez escutei essa frase e não havia entendido seu significado, até precisar fazer um contratação na empresa e buscar por currículos na plataforma.

Afinal, o Linkedin é para o médicos?

Com certeza! Isso porque o objetivo do Linkedin não é e nunca foi vender, divulgar seus serviços e conquistar pacientes. É conhecer diferentes profissionais que se preocupam em estar sempre atualizados, trocando experiências, conhecimentos e informações que com certeza irão agregar valor aos negócios e gerar oportunidades.

Sabe quando falamos que as redes sociais é o boca a boca digital? O LinkedIn é o seu networking digital.

Além disso, manter essa conexão com pessoas influentes é fundamental para o seu desenvolvimento e enriquecimento profissional. Ou seja, quem prioriza por bons contatos profissionais não pode ficar de fora do Linkedin.

Por isso, o Linkedin é uma excelente ferramenta de marketing pessoal digital. Redes sociais são canais de relacionamento. Relacionamentos são negócios disfarçados!