Facebook confirma pausa no monitoramento do Messenger, que ouve áudio dos usuários


Que o Facebook sabe tudo o que a gente faz não é nenhuma novidade. Mas a cada “revelação” oficial de como a empresa monitora os seus usuários, rola sempre aquele sentimento de “eita” do dia. Dessa vez, a empresa de Mark Zuckerberg confirmou que inúmeras mensagens de voz do Messenger foram ouvidas por funcionários terceirizados encarregados de transcrevê-las.

Segundo o Facebook, o objetivo desse monitoramento é melhorar a ferramenta de inteligência artificial que faz a conversão automática para texto, mas, voltamos no ponto onde todos essas notícias caem: o usuário nunca sabe sobre isso.

A empresa garante que fez uma pausa na prática há algumas semanas, mas a informação só veio depois que o Bloomberg publicou alguns relatórios que mostravam como as conversas privadas eram ouvidas, provocando uma resposta rápida do Facebook. De acordo com a empresa, eles cortaram a ta prática na mesma época em que incidentes semelhantes envolvendo a Apple e o Google foram noticiados.

Snapchat está voltando?

A rede social ainda afirma que a prática foi reservada para usuários que optaram por ter seus chats de voz transcritos, mas admite que não deixou claro a esses usuários que funcionários humanos estariam ouvindo as conversas.

Apesar de ser atingido por um fluxo constante de escândalos de privacidade, o Facebook continua a ter um bom desempenho, registrando um crescimento de 28% na receita de anúncios durante o segundo trimestre.

Fonte: B9